Uma vida de renúncia

e17

Autor Esdras Ferreira

Uma vida de renúncia

“Pela fé, Moisés recusou ser chamado filho de Faraó. Escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus…” (Hebreus 11.24)

Moisés nos dá um testemunho de fé diante das propostas do Egito. Ele tinha tudo o que um homem pode ter no mundo, pois o Egito era a grande potência da época. No Egito, ele tinha fama, prestígio, poder, conhecimento, prazeres, riquezas, e tudo o que o mundo podia oferecer. A luz da nossa razão, imaginar como foi difícil recusar tudo aquilo. Na verdade, a renúncia é um processo que envolve uma entrega total de algo. Não é fácil! É um processo diário e permanente, às vezes, doloroso, mas é o único caminho realmente que nos faz experimentar a plenitude de Deus. Um caminho íngreme e estreito que nos leva a intimidade com Senhor.

Se você foi chamado por Deus, prepare-se para um longo período de ter que abrir mão de muitas coisas, inclusive, de muitos de seus sonhos. Por esse motivo, ao namorar ou fazer uma faculdade, pergunte a Deus se esses sonhos podem interferir no seu chamado. Paulo, por exemplo, faz uma declaração: “Até agora estamos passando fome, sede e necessidade de roupas, estamos sendo tratados brutalmente, não temos residência certa e trabalhamos arduamente com nossas próprias mãos….Até agora nos tornamos a escória da terra, o lixo do mundo” (1 Coríntios 4:11). O texto não esta falando em “apologia ao sofrimento”, mas mostrar que, no ministério, às vezes, tem seus momentos de sofrimento e lágrimas. 

Portanto, o verdadeiro evangelho envolve renúncias, e isso inclui renunciar seu próprio “eu”, valores e conceitos para que Cristo, de fato, viva em sua vida: “Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim… que me amou e se entregou por mim.” (Galátas 2.20). A expressão “que me amor…” entende que a entrega de Paulo tinha uma motivação, ou seja, o amor que ele recebeu de Cristo motivou a corresponder o mesmo nível de entrega. Isso ensina que a dimensão da sua renúncia vai depender da compreensão e entendimento da renúncia que Cristo fez por você.

Uma pessoa chamada por Deus caracteriza-se por exigir inúmeros sacrifícios e renúncias, inclusive, a própria vida em benefício do reino: “se não renunciar tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo.” (Lc 14.33). Você esta disposto a renunciar até o seus sonhos para cumprir o seu chamado?

Leia mais

O preço do chamado

Vivendo por algo maior

Entregues a morte

Se você gostou dessa mensagem então não deixe de comentar, Curtir nossa pagina no facebook e se escreva em nosso canal  You tube! Mensagens novas todas as Quintas e Sextas-Feiras.Também, não se esqueça de adquirir nossos livros devocionais para ajudar a nossa instituição Missão Vida Nova!