CARTA DA IGREJA TIATIRA

 “Aos que estão em Tiatira, a vocês que não seguem a doutrina dela e não aprenderam, como eles dizem, os profundos segredos de Satanás…” (Apocalipse 2.24)

INTRODUÇÃO: A igreja de Tiatira localizava na província romana da Ásia. Era uma grande cidade comercial, principalmente na produção de tecidos, cerâmicas e metais. A vida econômica da cidade era organizada por associações comerciais, ou seja, era impossível pertencer à vida social e comercial sem ter que aceitar os rituais de prostituição e as festas pagãs. Se não participasse dessas festas pagãs, era basicamente excluído da sociedade e passava por necessidade, fome e perseguição. Na prática, eles ensinavam os crentes de Tiatira a participar de todo o paganismo, com a desculpa de que isso não afetaria e nem prejudicaria a fé e as convicções. Por causa disso que a igreja de Tiatira foi repreendida pelo Senhor. Essa igreja, diferentemente da igreja de Éfeso, não perdeu o seu primeiro amor, ao contrário, cresceu em amor e fé.

A.      Todavia, junto a essas virtudes gloriosas habitava um erro grave em tolerar e aceitar o pecado.  Em outras palavras, o risco não estava vindo de fora da igreja, como caso da igreja de Laodicéia. Em vez disso, o perigo da igreja vinha de dentro.

B.      Na carta o Senhor adverte a igreja de que eles estão em um grave perigo espiritual. Uma igreja viva e atuante, porém estava tolerando os ensinamentos de Jezabel. O próprio Jesus usa o exemplo de Jezabel como algo intolerável no meio da igreja de Tiatira. Ela era uma rainha, mulher do rei Acabe. Uma mulher que era símbolo de idolatria e imoralidade.

C.      Na sequência, Cristo   declara sua disciplina e seu juízo que aquele que deliberadamente se deitar numa cama para se prostituir, agora se deitaria numa cama com enfermidades (Apocalipese 2.22).  Saiba que a santidade é uma característica essencial de uma igreja modelo. O pecado está ganhando força porque estamos calados e omissos como aquilo que é imoral, pois Deus continua afirmando em sua palavra: “Sejam santos, porque eu sou santo” (1Pedro 1.16)

 

1.    TOLERANDO JEZABEL 

“Matarei os filhos dessa mulher, e saberão que sou aquele que sonda os corações, e retribuirei a cada um de acordo com as suas obras…” (Apocalipse 2:23)

Como foi falado no capítulo anterior, a igreja é elogiada por Cristo por suas boas obras, o seu amor, a sua fé e sua perseverança. É interessante observar que a igreja de Tiatira estava fazendo mais obras agora do que havia feito no começo (Apocalipse 2.19). Infelizmente, porém, a igreja estava tolerando certas práticas e costumes pagãos. Ao mesmo tempo em que a igreja de Tiatira apresentava excelentes qualidades, ela era culpada por ser omisso com aquilo que é errado.

A.      A igreja tolerava os ensinos de uma mulher que se dizia profetisa, simbolicamente chamada de Jezabel. Ela estava convencendo alguns crentes de que a liberdade cristã permitia a prática da imoralidade. Na carta de Judas, também diz sobre isso: “certos homens infiltraram-se dissimuladamente no meio de vocês e transformam a graça de nosso Deus em libertinagem…” (Judas 1.4)

B.      Diante disso, a igreja de Tiatira estava calada e conformada com a imoralidade dentro da igreja. De maneira imperceptível e sutil estava levando muitos ao erro. Quando observamos a origem da palavra “tolerar” veremos que tem a definição de “ não impor obstáculos; não proibir; aceitar facilmente; consentir; não previne; não pôr um ponto final.”

C.   Hoje, muitas pessoas estão morrendo por não ter pessoas corajosas em avisa-los sobre o perigo. Muitas das vezes não somos sinceros por medo de perder amizade ou ser rejeitado pela pessoa. Saiba que falar a verdade é uma demonstração de amor. Se realmente temos compaixão e amamos as pessoas não deixaremos desorientadas ou confusas em suas fraquezas.

D.     Em certos casos, temos que ser duro como nosso posicionamento naquilo que o evangelho não negocia. As pessoas estão cada vez mais conformadas e acomodadas em seus pecados por não ter líderes espirituais para confronta-los. Aliás, a santidade é a marca essencial de uma igreja modelo: “E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as.” (Efésios 5.11; 4.14; 1Cor 6.9-10)

CONCLUSÃO

Não seja cúmplice do pecado. Se vê o erro, fale a verdade. Devemos tolerar as pessoas, mas não somos obrigados a tolerar o pecado. Se realmente termos consciência da Verdade, então o erro irá nos incomodar. Então não se conforme com o pecado, santifique-se e confronte com a verdade!

A carta à igreja de Tiatira termina com afirmação que aquele que for fiel não apenas reinará com Cristo, mas também receberão autoridade para governar com Ele: “Àquele que fizer a minha vontade e for fiel até o fim darei autoridade sobre as nações. Ele as governará com cetro de ferro e as despedaçará a um vaso de barro e receberá a estrela da manhã…” (Apocalipse 2.26-28)

LEIA MAIS…

CARTA DA IGREJA DE FILADELFIA

Gostou desse assunto? Gostaria de saber mais sobre esse tema?

BAIXE AGORA E-BOOK NO AMAZON NOSSOS LIVROS DEVOCIONAIS. SÃO MAIS DE 480 MENSAGENS DIVIDIDA EM 16 VOLUMES:

 https://www.amazon.com.br/kindle-dbs/entity/author/B09T6ZWFSD?ref_=dbs_p_ebk_r00_abau_000000

LIVROS IMPRESSOS PEÇA PELO (11) 96614-8690 WHATS APP (TEMOS DESCONTO E BONUS ESPECIAL CASO COMPRAR CINCO VOLUMES)

As mensagens colocadas em nosso site é apenas uma pequena parte do conteúdo que está em nossos livros devocionais.

Deixe seu comentário, assim o sistema do google entende que nosso blog é relevante e o próprio sistema do Google envia para mais pessoas!

Siga no Instagram:

https://www.instagram.com/esdras_ferreiraoficial/

 

«
»

0 Comentários

Deixe o seu comentário