Lançando o pão sobre as àguas

e5

Autor Esdras Ferreira

Lançando o pão sobre as águas

“Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás.” (Eclesiastes 11.1)

A Expressão “Pão sobre as águas” é uma metáfora usada na agricultura: “Então te dará chuva sobre a tua semente, com que semeares a terra, como também pão da novidade da terra.” (Isaías 30:23). Os agricultores lançavam todas as suas sementes em tempo de chuva. Essa decisão de lançar tudo,  obrigavam a renunciar banquetes, festas e refeições com fartura, pois lançou tudo quanto tinha, ou seja, lançava toda a sua refeição [pão] para que possa colher com abundância no futuro. Seria um prejuízo momentâneo, mas recuperaria algo melhor no futuro: “Como vocês serão felizes, semeando perto das águas…” (Isaías 32:20). Muitas das vezes, seremos desafiados em nosso ministério para renunciar uma alegria momentânea, para colher algo melhor no futuro, como o caso da história de Nicholas Winton:

“Nicholas Winton, funcionário Britânico da Bolsa de Londres, ajudou a salvar 669 crianças judias dos campos de concentração nazista em 1939. A tarefa era difícil: obter um visto para a Grã-Bretanha, encontrar para cada criança, uma família adotiva e levantar fundos para o transporte por trem. Muitos o ridicularizaram, foi preso, ameaçado de morte, até chamaram de louco. Durante mais de cinco décadas, Winton não revelou esse trabalho humanitário para ninguém. Sua esposa, descobriu no sótão da sua casa, uma pasta que continha a lista de todas as crianças salvas. Em 1988, em canal aberto de televisão, BBC de Londres, convidou Nicholas Winton, já bem idoso, para contar como salvou aquelas crianças, mas Wilton não sabia, que, a maioria das pessoas da plateia eram as crianças que ele salvou. O mais emocionante foi quando apresentadora pediu para levantar na plateia todos aqueles que foram salvas por Nicolas Winton. Para surpresa de todos, a plateia inteira se levantou. Todos se emocionaram e choraram, pela coragem de um homem que colocou em risco a sua própria vida pelo resgate daquelas crianças.”

 Reflita nessa frase: “Se uma pessoa não descobrir alguma coisa para qual morrer, ela não esta preparada para viver” (Martin Luther king). Morrer por algo é uma capacidade de total entrega, capaz de fazer um esforço fora do comum para o beneficio dos outros.

LEIA MAIS

Pronto para servir

Generosidade

Servindo o próximo

Se você gostou dessa mensagem então não deixe de comentar, Curtir nossa pagina no facebook e se escreva em nosso canal  You tube! Mensagens novas todas as Quintas e Sextas-Feiras.Também, não se esqueça de adquirir nossos livros devocionais para ajudar a nossa instituição Missão Vida Nova!