A fonte dos que clamam

e2

Autor Esdras Ferreira

A fonte dos que clamam

“Deus então abriu a rocha, e dela saiu água. Sansão bebeu da fonte, suas forças voltaram, e ele recobrou o ânimo. Por esse motivo a fonte foi chamada de En-Hacoré…” (Juízes 15:19)

Após vencer todos adversários, derrotando mil inimigos filisteus, Sansão ficou exausto, chegou no seu limite. Através da saída do Espirito Santo na vida de Sansão,  a estrutura humana de Sansão sentiu a limitação, o um baque, a exaustão atacou o seu corpo. Por esse motivo que Sansão clamou por água. Observe que Deus sabia que Sansão estava com sede, mas abriu a fonte quando clamou, isto é, foi o clamor que ativou essa fonte, por esse motivo que chamou daquela fonte: En-Hacoré: “Fonte dos que clamam.”

Na verdade, a fonte esta relacionada a obra do Espírito Santo em nossa vida: “Quem crer em mim, no seu interior, fluirão rios de águas vivas…” (João 7.38) A expressão “Fluirão rios” esta se referindo a uma “fonte que jorra”, uma intensidade profunda do Espírito Santo atuando dentro de nós, pois é a fonte que vai animar, restaurar, fortalecer e fortifica, isto é, será a manutenção interior de todos aqueles que querem cumprir o chamado – vai nos levar até o fim.

Francamente, quando o ministério começa a crescer, a tendência é abandonar a vida de oração, pois os compromissos no ministério torna mais importante que a fonte. As falhas e negligencias da nossa parte é que, as atividades, responsabilidades e tarefas na igreja pode tornar a desculpa por não ter mais tempo de orar com intensidade. No livro de Lucas, por exemplo, enfatiza o ministério Jesus com uma vida intensa na oração, ou seja, um exemplo para ser imitado e não apenas para ser lembrado (Lucas 4.1; 6.12; 9.18 e 28; 15.16; 22.40). Quando um servo executa um ministério e resolve negligenciar uma vida de oração é suicídio e ruina, pois a busca dessa fonte é uma questão de sobrevivência no nosso ministério.

É muito importante entender que Deus não quer  que vamos a essa fonte com um senso de obrigação, castigo e punição, mas um senso de responsabilidade e prazer. Você buscou dessa fonte hoje?

Leia mais

Afiando o machado

Vida Solitária

A unção de Deus

 

Se você gostou dessa mensagem então não deixe de comentar, Curtir nossa pagina no facebook e se escreva em nosso canal  You tube! Mensagens novas todas as Quintas e Sextas-Feiras.Também, não se esqueça de adquirir nossos livros devocionais para ajudar a nossa instituição Missão Vida Nova!